quarta-feira, 21 de julho de 2010

A fonoaudiologia na educação infantil



O trabalho de fonoaudiologia escolar na educação infantil  faz-se necessário visto sua importância no que se refere aos aspectos preventivos e de encaminhamentos para atendimentos especializados das crianças pequenas que apresentam alguma dificuldade ou distúrbio em linguagem oral, fala, audição e motricidade orofacial. Tal intervenção é indispensável para um pleno e eficaz desenvolvimento, com resultados perceptíveis na escola infantil, na família e com reflexos futuros no Ensino Fundamental (alfabetização e letramento). 

Na escola, o fonoaudiólogo atua de maneira preventiva por meio de triagens, participação em equipe e de orientação aos professores para que possam detectar possíveis portadores de distúrbios de comunicação em sua sala de aula, além de fornecer informações quanto aos cuidados em relação à voz do professor. 

A experiência mostra que é importante professores e fonoaudiólogos trabalharem em co-parceria, uma vez que o professor, em muitos casos, é o primeiro a suspeitar de possíveis distúrbios da comunicação. Assim, o diagnóstico poderá ser realizado o mais rapidamente possível se todos esses profissionais forem orientados quanto aos aspectos que devem leva-los a encaminhar seus alunos ao fonoaudiólogo. Além disso, os professores podem acompanhar e participar ativamente do processo de reabilitação, colaborando e facilitando o trabalho fonoaudiológico.